Bruno Roberto destaca importância da obra “Vertentes Litorânea”, entregue pelo Governo Bolsonaro

O pré-candidato ao Senado pelo PL, Bruno Roberto, destacou, neste sábado (14), a importância da obra Vertentes Litorânea, entregue pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no último dia 5 de maio, no município de Itatuba-PB.

Segundo Bruno, a obra não traz apenas segurança hídrica, mas gera transformação social e econômica.

“A obra Vertentes Litorâneas não é somente de segurança hídrica, mas sim de transformação social e econômica de toda uma região. A amplitude dessa conquista transformará a cidade milhares de paraibanos. Fico honrado em ter participado da entrega do 1º trecho do canal Acauã-Araçagi”, disse.

Entenda a obra

A Vertente Litorânea é um sistema adutor com 130,63 quilômetros de extensão, constituído por 15 segmentos de canais com seção trapezoidal; cinco trechos em sifões invertidos, em tubulações de aço, que cruzam vales de rios e córregos; e sete aquedutos. A infraestrutura tem por finalidade integrar bacias hidrográficas da Paraíba com as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, visando atender demandas prioritárias do consumo humano e do uso industrial, bem como os projetos de irrigação a serem implementados.

Os investimentos totais para a Vertente Litorânea estão orçados em R$ 1,41 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão do Governo Federal e o restante de contrapartida do estado. Serão beneficiados diretamente os seguintes municípios da mesorregião do Agreste paraibano: Itatuba, Mogeiro, Itabaiana, São José dos Ramos, Sobrado, Riachão do Poço, Sapé, Mari, Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca e Curral de Cima. De forma indireta, serão 39 cidades beneficiadas, com um total de 680 mil habitantes.

Eixo Leste

O Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco tem 217 quilômetros de extensão, está em operação desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades de Pernambuco e da Paraíba. Conta com seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, um túnel, uma galeria e 12 reservatórios que estão em pré-operação – fase de verificação dessas estruturas e dos equipamentos eletromecânicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *