Cabo Gilberto avaliza candidatura de Nilvan, mas volta defender união da oposição

O anúncio da pré-candidatura do radialista e presidente do PTB na Paraíba, Nilvan Ferreira, ao Governo do Estado tem a chancela do líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Cabo Gilberto Silva (PSL).

Ferreira e Gilberto buscam se consolidar como lideranças voltadas ao bolsonarismo no estado. Assim como Nilvan, o deputado também anunciou que buscará construir a candidatura ao Palácio da Redenção.

Os nomes dos dois foram colocados na disputa após a desistência do ex-prefeito de Campina Grande e presidente do PSD, Romero Rodrigues. O político campinense caminha para fechar aliança com o governador João Azevêdo (Cidadania).

“Eu entendo como bastante propositiva termos várias candidaturas da oposição, favorece a democracia e permite que a população se identifique com o um candidato a mais”, avaliou Gilberto Silva.

O parlamentar, no entanto, acredita que é necessária uma convergência de ideias dos candidatos oposicionistas para que possam estar juntos e comungar da mesma linha de pensamento em um eventual segundo turno.

“Teremos segundo turno com certeza absoluta, não tenho medo disso. É importante que toda oposição esteja unida. Se não puder ser no primeiro turno, que seja no segundo para garantir a vitória e libertar a Paraíba do socialismo”, defendeu Cabo Gilberto.

O bloco da oposição ainda deve contar com as candidaturas do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) e de uma pessoa com identidade voltada ao campo da esquerda.

MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *