Polícia Civil prende suspeito de matar vizinho após confusão por terra, na zona rural de Cabaceiras

Um homem de 42 anos de idade foi preso suspeito de assassinar um vizinho no dia 20 de outubro.
A prisão é Preventiva e foi cumprida pelo Núcleo de Homicídios de Queimadas (11ªDSPC).

O crime ocorreu no sítio “Ipueiras”, em São Domingos do Cariri.

A vítima foi Inácio Virgíneo Neves de Barros, que tinha 52 anos e era conhecido como “Inácio de Marinheiro”.

Conforme apurou o Núcleo de Homicídios, tudo ocorreu por causa de “divergências em razão do uso ou acesso a um terreno na zona rural”.

O suspeito, identificado como Paulo Pessoa da Silva, era vizinho de propriedade de “Inácio de Marinheiro”.

A mulher de Inácio recebeu uma parte de um terreno de herança e depois Inácio adquiriu mais duas partes de outros herdeiros.

A vítima começou a trabalhar e melhorar os terrenos com plantações e começou a cercar os terrenos. A partir daí começaram as divergências com o suspeito. Depois a vítima proibiu que o ‘ora investigado’ transitasse por dentro do seu terreno com animais. Isso foi o estopim”, informou o comunicado do delegado Ilamilton Simplício, seccional de Queimadas.

Inácio foi assassinado a tiros.

O preso é primo da mulher da vítima.

Renato Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *