Frei Anastácio diz que intervenção no PT de João Pessoa atende “caprichos” de Ricardo

O deputado federal Frei Anastácio (PT) divulgou nota repudiando a intervenção realizada pela direção nacional do Partido dos Trabalhadores, (PT), ontem (14), no Diretório Municipal da legenda, em João Pessoa.

O deputado diz, na nota, que a intervenção é uma tentativa de retirar a candidatura de Anísio Maia a prefeito de João Pessoa, para atender a um pedido do ex-governador Ricardo Coutinho

“É uma posição autoritária, antidemocrática, desrespeitosa, desleal com único interesse de atender aos caprichos de um cidadão que tenta impor a força de coronel da política paraibana”, disse o deputado, que promete continuar lutando para manter a candidatura de Anísio Maia.

Leia íntegra da nota:

Eu, Frei Anastácio, deputado federal, venho a público manifestar que estou indignado com a posição da direção nacional do meu partido, o PT, que decidiu promover uma intervenção injusta no Diretório Municipal de João Pessoa, nesta quarta-feira (14), que tem à frente a companheira Giucélia Figueiredo.

Com essa intervenção, a direção nacional tenta destruir a candidatura do companheiro Anísio Maia. Uma candidatura construída através de diálogo amplo com a maioria da militância e todas as forças internas do partido.

Uma posição autoritária, antidemocrática, desrespeitosa, desleal com único interesse de atender aos caprichos de um cidadão que tenta impor a força de coronel da política paraibana. Com essa decisão, a direção nacional destrói os sonhos de uma militância que quer simplesmente fazer um debate com a população de João Pessoa, contra os apoiadores do governo Bolsonaro que nas últimas eleições descartaram um projeto de governo que deu certo na gestão do PT.

Anísio Maia é o candidato que sintetiza nosso projeto nacional, construído democraticamente pelo conjunto do partido, com o PC do B, tendo um exército de companheiros e camaradas candidatos e candidatas a vereadores(as) que formam uma base sólida junto à nossa candidatura.

Diante de tudo isso, afirmo que continuarei firme na defesa dos princípios do meu partido e da democracia.

Dentro desse princípio, eu reafirmo minha posição também em respeito aos 91.408 cidadãos e cidadãs que me deram o mandato de deputado federal. Eu não temo à luta. Já enfrentei latifundiários, capangas que me sequestraram, ameaçaram de morte e nunca me calei, nem dei um passo sequer para trás.

Seguirei com essa mesma disposição de luta em defesa dos ideais do nosso partido. Não me curvarei a nenhum capricho de coronel da política, nem tampouco à direção nacional do partido que, ao que parece, quer saldar uma dívida impagável com Ricardo Coutinho, atropelando o Diretório Municipal de João Pessoa e toda nossa militância. Estamos firmes e fortes para eleger Anísio Maia e nossos vereadores e vereadoras.

Parlamento PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *