Daniella Ribeiro e Veneziano pedem licença do Senado; suplentes Diego Tavares e Ney Suassuna assumem cargos até janeiro

Os senadores Daniella Ribeiro e Veneziano Vital do Rêgo pediram licença do cargo. Os requerimentos foram lidos em sessão, nesta quarta-feira (23) pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Os suplentes Diego Tavares e Ney Suassuna assumirão os cargos até janeiro, quando se encerrarão as licenças dos senadores Daniella Ribeiro e Veneziano Vital.

Daniella Ribeiro emitiu justificativa para a licença alegando que “aproveitará para estar mais presente e acompanhar as eleições municipais no Estado, onde o Progressistas disputa nas duas principais cidades: João Pessoa e Campina Grande, além de outros importantes municípios paraibanos.”

“Solicitam licença para tratar de interesse particular, de 23/9/2020 a 21/01/2021, totalizando 121 dias. Os senadores e senadoras que aprovam permaneçam como estão. Aprovados os requerimentos, a Secretaria Geral da Mesa adotará as providências cabíveis para a convocação dos respectivos primeiros suplentes. Os requerimentos estão assinados pela senadora Daniella Ribeiro e pelo senador Veneziano Vital do Rêgo”, declarou Davi Alcolumbre.

Ambos os licenciados estão no primeiro mandato no Senado. Daniella foi a primeira mulher a ser eleita senadora pela Paraíba.

Click PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *