Paraíba registra primeira morte por Covid-19; vítima tinha 36 anos

A Paraíba registrou, nesta terça-feira (31), a primeira morte em decorrência da Covid-19. Trata-se de Danilo Andrade, 36 anos, residente do município de Patos que estava internado na UTI do Hospital Clementino Fraga,em João Pessoa.

A confirmação laboratorial para COVID-19 se deu nessa segunda, 30 de março. Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que “se solidariza com a família neste momento de dor e pesar”.

Danilo foi internado na última quinta-feira, dia 26, no Hospital São Francisco, em Patos, porém, diante da gravidade, foi transferido com urgência para os hospitais de referência na capital paraibana. A transferência aconteceu através de ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O jovem havia se sentido mal um dia antes, quarta-feira, dia 25, quando se queixava de dores no peito e dificuldades para respirar. Danilo Andrade era diabético, além disso era hipertenso e tinha problemas de asma.

Estado investiga outras mortes em decorrência da Covid-19

Além da morte do patoense, o Estado investiga outros óbitos que teriam sido causados pela doença. Dentre eles, a morte de Mateus Carlos, filho do empresário Eduardo Carlos, presidente da Rede Paraíba de Comunicação.

O exame que deveria confirmar se o publicitário morreu em decorrência da Covid-19 deu inconclusivo. O material foi encaminhado para Laboratório Evandro Chagas, no Pará. Resultado deverá sair em 10 dias.

Mateus morreu nessa segunda-feira (30) após passar quase uma semana internado no Hospital Clementino Fraga.

MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *