Insatisfeito na legenda e discriminado pelo diretório, Moacir Rodrigues almeja expulsão do PSL

Após as declarações do Cabo Gilberto nesta terça-feira (15) demonstrando insatisfação com o PSL, nesta quarta-feira (16) foi a vez do deputado estadual Moacir Rodrigues. Em entrevista, Moacir lamentou a desorganização do diretório estadual do PSL na Paraíba, citando que só aconteceu uma reunião partidária.

“O que eu pretendo é ser expulso. Se não for expulso, vou já entrar com uma consulta ao TRE-PB por discriminação para poder sair do partido”, comentou Moacir Rodrigues. O deputado destacou que não tem nenhuma relação com o atual presidente estadual do PSL na Paraíba, Julian Lemos. Ele declarou que não tem sequer o contato telefônico do mandatário da legenda que integra.

O racha no PSL começou após desentendimentos entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente da legenda, Luciano Bivar. A crise interna tem provocado o descontentamento de parlamentares, que buscam uma saída do partido.

Moacir Rodrigues ainda fez questão de enfatizar que “Bivar já falou que vai expulsar Bolsonaro, então expulse todo mundo que quer sair”.

ClickPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *