Flávio Leandro desautoriza o uso da música ‘Chuva de Honestidade’ por Bolsonaro e Hadad: “Quem mente, rouba a verdade”

O cantor e compositor de Bodocó, no vizinho estado de Pernambuco, Flávio Leandro, autor de vários clássicos do forró, como “De Mala e Cuia”, repudiou o uso de sua música, intitulada de Chuva de Honestidade”, compartilhada pelo presidenciável, Jair Bolsanaro, em suas redes sociais.

Flávio desautorizou o uso da música por ambos os candidatos, tanto Bolsonaro, como Hadad, mas foi com o capitão do Exercito que o forrozeiro foi bastante duro nas palavras. “Nenhuma das campanhas postas para este segundo turno está autorizada a usar minha música como referência. Principalmente, esta que ora se utiliza da mesma. Não sou a favor de quem destrata a democracia em seu pleno vigor. Outra, a fábrica de fake news que esta campanha tem usado, fere o princípio sagrado do direito à verdade. Quem mente, rouba a verdade! É desonesto do mesmo jeito” repudio Flávio.

Blog do Bruno Lira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *